1. Às vezes

(Antonio Carlos Tatau/ Expedito Almeida) ED. DUBAS/ ISRC:  BR-LVQ-16-00035

 

Às vezes, feliz,

outras, nem sei!

A vida é assim mesmo,

ah, eu bem sei.

Às vezes, amor, tanto carinho…

às vezes a dor, sozinho…

Nada de bom será eterno,

como sempre desejamos…

A felicidade é uma onda do mar

que vem e volta para o oceano!

 

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: piano

Luisão Pereira: guitarra, programação eletrônica e teclado.

____________________________________

4. A lida dos anos

(Antonio Carlos Tatau/ Expedito Almeida) ED. DUBAS/ ISRC: BR-LVQ-16-00038

Noite,

tua lembrança entra sem bater à porta,

e me olha impunemente

como se fora me condenar

a viver sozinho até o fim da minha pena!

Depois, ainda vai ao piano

e canta meus poemas…

a lida dos anos não marcou teu rosto

como em mim a saudade o faz!

E eu que só estava num drinque,

cheguei  à esbórnia, contente…

Louco, caí em teus braços

e beijei cada pedaço de ti!

 

Antonio Carlos Tatau: voz e violão  

Zé Manoel: piano

Joatan Nascimento: trompete

Luisão Pereira: baixo e programação eletrônica

____________________________________

7. Nas águas de outro amor

(Antonio Carlos Tatau/ Théa Lúcia) ED. DIRETO / ISRC: BR-LVQ-16-00031

 

Vou sem gesto,

levo o orvalho sobre os meus cabelos.

O mundo inteiro pesa nos meus ombros,

o desamparo enfeita meu caminho.

Tão sozinho,

uma rosa murcha dentro do meu peito;

e se esta noite me faz desse jeito,

nas águas de outro amor vou encontrar a paz.

Nunca mais

vou acender uma esperança vã.

Quero encontrar nas cores da manhã,

a graça de viver pra te esperar.

Quero encontrar nas cores da manhã,

a graça de viver…

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: teclado

Luisão Pereira: teclado e efeitos

Regis Damasceno: baixo

Mauro Tahin: bateria

____________________________________

10. Um e outro

(Antonio Carlos Tatau/ Mateus Borba) ED. DIRETO / ISRC: BR-LVQ-16-00034

Um

Sobre a corda estendida

Acredita que é feliz

Outro

Atrás da cortina

Nem imagina

Não faz, não diz

Um

Brinca de encanto

Debocha do Amor

Outro

Tem o peito esperando

E um universo girando

Ao redor

Um

Solta o ar, perde o passo

Arrebenta o cordão

Outro

Se arrisca num salto

Despenca do alto

Abre o chão

Um

Faz o sangue estancar

Escapa por um triz

Outro

Desmancha devagar

Até se acabar

Antes do bis

Antonio Carlos Tatau: voz e violão  

Zé Manoel: piano rhodes

Mauro Tahin: bateria

Luisão Pereira: baixo e teclado

2. Canção pra João

(Antonio Carlos Tatau/ Euvaldo Macedo Filho/ Marcos Roriz)  ED. DIRETO / ISRC: BR-LVQ-16-00036

Essa tarde

esse cais

eu e você

quanta paz

debruçados assim

abraçadinhos

olhando o rio

deslizando

devagarinho

um beijo

outro beijinho

um sorriso

bem de mansinho

só pra saudar a estrelinha

que no céu pintou.

Essa noite

nesse cais

tanto amor

quanta paz!

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: piano

Sebastian Notini: percussão

Guilherme Teixeira – violino I

Priscila Gabrielle – violino II

Jhonatan dos Santos – viola

Laís Tavares – violoncelo

Luisão Pereira: arranjo de cordas

Aline Falcão: finalização de arranjo e transcrição de partituras

_____________________________________

 

5. Um bolero a mais

(Antonio Carlos Tatau/ Ronaldo Bastos) ED. DUBAS/ ISRC:BR-LVQ-16-00029

No meu destino de esperar você

Cada dia é um bolero a mais

Sob a luz do abajur lilás

Tudo que eu penso é lhe querer

Daria tudo pra lhe ver aqui

Na varanda do Solar

Onde um dia, eu quase acreditei

Na ilusão de ser feliz

Pra que mentir

Se todos sabem que o que você quer

É  provar o que eu já sei de cor

Foi o desejo que inventou a mulher

Eu só me lembro de alguém que foi

Um milagre que me aconteceu

Me deu  tudo e depois tirou

E me deixou sem luz no breu

No meu destino de esperar você

Cada dia é um dia a mais

E hoje eu sou

Um barco abandonado que não volta mais ao mar

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: piano

Fernanda Monteiro: violoncelo

Morotó Slim: guitarra

Luisão Pereira: baixo e teclado

Sebastian Notini: bateria e percussão

Arranjo de cordas: Luisão Pereira

____________________________________

8. Tudo

(Antonio Carlos Tatau/ Expedito Almeida) ED. DIRETO / ISRC: BR-LVQ-16-00032

Tudo,

o amor levou tudo,

a  mais doce lembrança,

tua mão, teu carinho,

dois amantes em noites sem fim!

Tudo,

o amor levou tudo,

num só minuto,

que eu ainda escuto

a porta bater!

Solidão invadiu nosso lar

como um rio a uma cidade;

e do amor que pensara

quase tudo saber,

agora é só saudade!

 

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: piano

Joatan Nascimento: flugel

Josely Noronha: trompa

Sebastian Notini: bateria e surdo

Luisão Pereira: arranjos de sopros

Aline Falcão: transcrição de partituras

3. Para os que se amam

(Antonio Carlos Tatau/ Expedito Almeida) ED. DUBAS/ ISRC: BR-LVQ- 16-00037

Sabe por  que eu te amo?

‘Não sabe.’

Sabe por que tanto tempo,

tantos anos?

‘Nem sabe contar,’

cada estrela do céu,

do mar, do céu da boca…

Viver é mais que sonhar,

e amar, e amar,

minha louca!

Sabe por que eu te chamo

em todas as canções?

É porque somos dois corações

tão distantes de nós: o sol e a lua,

cada um na sua montanha

e a vontade tamanha de namorar…

E viver navegando no ar

invisíveis oceanos que Deus criou

para os que se amam sem explicações,

para os que se amam sem começo ou final!

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: piano

Gustavo Ruiz: guitarra e synth

Luisão Pereira: guitarra e teclado

Regis Damasceno: baixo

Mauro Tahin: bateria

____________________________________

6. Minha vida

(Antonio Carlos Tatau/ Expedito Almeida) ED. DIRETO / ISRC: BR-LVQ-16-00030

Quando vejo você

brincando no ar

assim tão impossível!

Tão bonita de ver,

tão somente você,

eu não acredito!

Ser feliz é viver,

é dormir com você

assim apaixonado…

Quanto mais eu lhe beijo,

tanto mais lhe desejo,

sempre ao meu lado!

Vem a noite, eu lhe chamo,

lhe procuro e grito: minha vida!

E com o olhar de quem ama,

me abraça e sorri,  e me chama de amor!

Quando vejo você

brincando no ar

 

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: Piano

Luisão Pereira: baixo e teclado

Mauro Tahin: bateria

____________________________________

9. Caminhos

(Antonio Carlos Tatau/ Expedito Almeida) ED. DIRETO / ISRC: BR-LVQ-16-00033

 

Por instinto, desejo e emoção,

abri meu coração para viveste em mim!

Uma louca paixão de Maria e João, no paraíso…

Beijo a flor do teu sorriso,

eu, bem-te-vi.

Mas nossos caminhos largaram-se as mãos;

e  perdidos na paisagem,

seguimos viagem,

cada um sozinho!

 

Antonio Carlos Tatau: voz e violão

Zé Manoel: piano

Luisão Pereira: teclado

Regis Damasceno: baixo

Mauro Tahin: bateria